domingo, 20 de abril de 2014

Ressurreição do Senhor

 
 
 


Tão triste, todos chorámos
A passada Sexta-Feira.
Todos nós A venerámos,
Tua Hora Derradeira!

Hoje a Esperança renasceu,
O Sol a dar seu sinal,
Nossa alma se comoveu
Ante a Vigília Pascal.

Como há tanto tempo ido
Os três dias decorreram.
Teu Corpo fora perdido
Quando por Ele acorreram.

Madalena mui chorava,
Roubaram o Seu Senhor.
Nem sentiu quem a chamava,
Toda entregue à Sua Dor.

Foi Jesus ali presente,
Ressuscitado, que fala!
Rezou a Igreja oferente,
Sua alegria não cala.

Aleluia! Páscoa Santa!
Está connosco o Senhor!
E nosso coração canta
Pelo Seu Divino Amor.
 
Maria da Fonseca


3 comentários:

  1. Aleluia!
    A Ressurreição...
    A paz dentro de nós...
    A Fé
    A esperança...
    Bjs.
    Irene Alves

    ResponderEliminar
  2. Olá, Maria da Fonseca!

    Linda composição.No contrastar de sentimentos entre a morte que nos entristece, e o de novo acreditar.No fundo, esta é uma constante no nosso percurso de vida...

    Boa semana, com um abraço amigo.
    Vitor

    ResponderEliminar
  3. Um belo poema, gostei.
    Maria, minha querida amiga, tem um bom fim de semana.
    Beijo.
    PS: já não te visitava há imenso tempo, mas vejo que continuas a escrever coisas maravilhosas.

    ResponderEliminar