quarta-feira, 13 de setembro de 2017

Lua Cheia






 
 
 
 
Linda a Lua em Setembro
Em quente noite de v'rão,
O céu 'stá azul veludo
E bate meu coração!

Brilha redonda, enorme,
Como se bola de Sol
Entrasse no nosso quarto
A iluminar o lençol.

 
Agora a pairar no ar
De luz parece ser feita,
Houve mesmo quem dissesse
Dos poetas ser a eleita.
 
 
Noutros dias, noutros meses,
Faz noites qu'stá assim
Lua cheia maravilha
A banhar o meu jardim.
 
 
E quando já a não vemos
Perdemos sua magia,
A escuridão apoquenta,
Esperemos outro dia.
 
Maria da Fonseca

 

Sem comentários:

Enviar um comentário