quarta-feira, 20 de março de 2013

Esperança na Primavera

 




É mais uma primavera,
Nós costumamos dizer,
Completando um ano mais
No mundo onde é bom viver.
 
Mas será assim para todos?
Esta 'stranha humanidade
Que em busca de paz tem guerra
Será feliz, de verdade?
 
Bravos, firmes, revoltados
Exigimos primavera,
Em batalhas fraticidas
Que à Nossa Mãe desespera.
 
Rendam-se as forças do mal,
A Paz venha duradoura.
E a primavera se assuma
Na nossa estação vindoura.
 
Cesse o inverno teimoso,
Enfim, pare o mau querer,
E desde o nascer do dia
Brote o amor em cada ser.
 
A Criação volte amena,
O Sol a brilhar nos céus,
As plantas a florescer
E as aves cantando a Deus.
 
Maria da Fonseca


3 comentários:

  1. OLÁ MARIA

    BONITOS E PRIMAVERIS VERSOS NOS OFERECE!!!

    ACOMPANHADOS POR BELA IMAGEM DE PRIMAVERA!!!

    1 BEIJO LÍDIA

    ResponderEliminar
  2. Amiga que a sua poesia sobre a Primavera se transforme
    numa boa realidade.Bjs.
    Irene Alves

    ResponderEliminar
  3. Olá, Maria da Fonseca!

    Metade metáfora, metade poema, numa bonita saudação à Primavera.E oxalá que com ela chegue a renovação da mentalidade dos homens desta Terra...
    Bonito!
    Bom fim de semana, com um abraço amigo.
    Vitor

    ResponderEliminar