sábado, 8 de fevereiro de 2014

Oração a Santo António

 
 




Ajoelhada na Igreja
                Rezo por todos os meus,                
Sempre te pedi António
Que por nós rogues a Deus.
 
 
Há que anos te visito
E por meus netos te imploro
Neste lugar consagrado,
Tão pertinho adonde moro.
 
 
A Fé não perco meu Santo,
Creio que milagres fazes.
Eu própria presenciei,
Eu, a avó dos meus rapazes.

 
Tanto precisam de ti,
Tua santa intercessão,
Junto do Senhor Altíssimo
Suplico com devoção.

 
Já as pernas me vacilam
E as mãos tremem da idade,
Ao ajoelhar pesada
A orar com humildade.

 
A última reza será
Pelos meus que deixarei
E confio-os zelosa
A quem eu sempre rezei.
 
  
A ajuda que lhes darás
Eu do céu espero ver,
E a ti, meu Santo António,
Irei pronta agradecer.
 
Maria da Fonseca


2 comentários:

  1. No silêncio deste dia venho pedir-te paz,
    sabedoria e força .
    Quero olhar hoje o mundo com olhos
    cheio de amor, ser paciente, compreensiva, mansa e prudente,
    ver além das aparências teus filhos como Tu mesmo os vês e,
    assim, não ver senão o bem em cada um.
    Que só de bênçãos se encha meu Espírito.
    Que eu seja bondosa e alegre a todos
    quantos se achegarem a mim .
    Reveste-me de Tua beleza, Senhor, e que,
    no decurso deste dia, eu Te revele a todos.
    desejo uma paz infinita para seu coração.
    Uma continuação de semana abençoado.
    Com muito carinho deixo aqui meu abraço.
    Na postagem deixei um mimo.
    E no caso de você aceitar
    tenha certeza ficarei feliz.
    Evanir..

    ResponderEliminar
  2. Olá, Maria da Fonseca!

    A súplica feita com tanta devoção e de forma tão sentida
    o Santo António bondoso não será capaz de dizer não
    e a prece será certamente atendida.

    Espero que tudo vá indo bem; parece-me "tristinho" este pedido...

    Um abraço amigo
    Vitor

    ResponderEliminar