sábado, 6 de maio de 2017

Voltou a Primavera




     

Mais um sábado feliz
Subo a escada devagar,
Cor-de-rosa as sardinheiras
Atraem o meu olhar.

E ainda as há vermelhas
No canteiro mais atrás.
Cheia de florzinhas brancas
A relva também me apraz.

As formigas no carreiro
A transportar seu sustento
Mais pesado do que elas,
Bagos, palhas, alimento!

Piso os degraus com cuidado
Para não as magoar.
Ouço os passarinhos perto,
Não se cansam de cantar.

Lá no topo cada melro
Corre quando me pressente.
Amena a temperatura
Suaviza o ambiente.
 
Maria da Fonseca


Sem comentários:

Enviar um comentário